Movimento Plástico Transforma

O uso do plástico

Conheça os principais tipos de resina e suas características, aplicações e a numeração para identificá-las apo´s a coleta seletiva para a Triagem e Processo de Reciclagem.

A partir do processo de polimerização são inúmeras as variedades de resinas plásticas e de soluções que esse material oferece para os diversos setores. Inovações na Saúde, na Alimentação, na Construção Civil, na Comunicação, na Indústria Automobilística e na Agricultura não seriam possíveis sem as inovações do plástico.

Conheça aqui os principais tipos de resinas e suas características, aplicações e a numeração para identificá-las após a coleta seletiva para a Triagem e Processo de Reciclagem.

1. PET 2. PEAD 3. PVC 4. PEBD 5. PP 6. PS 7. OUTROS

(Colocar o triângulo com o número referente ao lado da resina)

1 PET Poli(tereftalato de etileno)

Características:
Existem dois tipos de PET, o C-PET – PET cristalino e o A-PET – PET amorfo. C-PET: material opaco, boa resistência mecânica, baixa resistência a impactos. Impermeável a gases, absorve água. Resistentes a produtos químicos diluídos, mas pouco resistente a bases, água quente, cetonas e halogenados. Não recomendado como isolante elétrico em altas frequências. O A-PET é transparente, mais resistente ao impacto e menos rígido. Resiste a hidrocarbonetos halogenados.

Principais Aplicações:
Garrafas de bebidas, embalagem de alimentos, de cosméticos e de remédios; chapas; folhas e películas. Eletrônicos: peças de computador e engrenagens. Medicina: tubos para hemodiálise e seringas. Peças Técnicas: telas para pneumáticos.

2 PEAD Polietileno de alta densidade

Características:
Devido à alta densidade é um material opaco, mais fácil de ser processado, mais resistente e com melhores características mecânicas que o PEBD. É resistente a substâncias químicas, mas não a fortes agentes oxidantes.

Principais Aplicações:
Embalagens: bolsas, garrafas, caixas, embalagens de alimentos, embalagens para compostos químicos, frascos, rolhas, tampas, cápsulas. Eletrônicos: isolante de fios. Automobilístico: tubos, mangueiras e conexões de recipientes de combustível.

3 PVC Poli (cloreto de vinila)

Características:
Mais conhecido como vinil. Essa resina consegue assumir tanto as formas rígidas como flexíveis, graças aos aditivos. É leve e impermeável; um excelente isolante térmico, elétrico e acústico. Boa resistência química, resistente ao fogo e às intempéries.

Principais Aplicações:
Filmes, laminados, solados de calçados, brinquedos, embalagens para remédios (blister), mangueiras, tubulação para água e esgoto, revestimento de fios e cabos, cateteres e bolsas de soro.

4 PEBD Polietileno de baixa densidade

Características:
Material com baixa condutividade elétrica e térmica, resistente à ação de substâncias químicas. Possui variadas características mecânicas e tem capacidade de manter suas propriedades excelentes mesmo quando submetido à temperaturas inferiores a 60º C. Principais Aplicações: Eletrônicos: isolantes de fios e pequenas peças. Embalagens: sacos, garrafas, tampas, bolsas, revestimentos internos e externos de embalagens cartonadas assépticas, como as caixas de leite. Agricultura: película de revestimento, tubos de irrigação. Construção Civil: tubulação, mangueiras, telas de sombreamento.

5 PP Polipropileno

Características:
Homopolímero: possui resistência elétrica e mecânica. Pode ser esterilizado com raios gama e óxido de etileno. É resistente a altas temperaturas. Abaixo de 80ºC tem boa resistência química a ácidos e bases. Copolímero: é transparente, mais flexível e resistente (exceto a resistência química) que o homopolímero. Quando modificado com borracha termoplástica, torna-se mais resistente. Possui alta resistência mecânica a baixas temperaturas

Principais Aplicações:
Homopolímero: embalagens, películas de embalagens de alimentos, embalagens de ráfia e industriais e sacolas. Medicina: próteses, material hospitalar esterilizável e seringas descartáveis. Copolímero: brinquedos, potes conservadores, caixas de uso industrial, garrafas, tampas e películas. Automobilístico: botões diversos, reservatórios para água e fluído de freio, e para-choques.

6 PS Poliestireno

Características:
Cristal: um isolante elétrico de alto peso molecular e baixa absorção de água. É brilhante, transparente e sensível à luz. Possui boa estabilidade térmica e não é resistente a impactos. Expandido: isolante térmico e acústico e possui alta resistência mecânica. Perde suas propriedades a temperaturas superiores a 88ºC. É resistente a ácidos, bases e sais e é inflamável. Possui baixa absorção de água. PS Alto e médio impacto: sensível à luz UV, pode ser translúcido ou opaco. É rígido e resistente a impacto, mas não a altas temperaturas. Pode ser extrudado, injetado e termoformado. Todos são termicamente estáveis.

Principais Aplicações:
Cristal: embalagens para alimentos, remédios e cosméticos, brinquedos, material de escritório. Expandido: isopor®, peças técnicas: isolantes, reforços, chapas, componentes de garrafas térmicas, embalagens de produtos agrícolas e industrializados, embalagens para produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos

7 OUTROS
Os tipos de resinas plásticas não param por aí. Na categoria 7 entram as resinas como:

Copolímero de etileno vinil acetato (EVA)

Copolímero de acrilonitrila butadieno estireno (ABS)

Policarbonato (PC)

Poliuretano (PU)

Resina epóxi

Resina fenólica

São tantas as possibilidades, soluções e inovações que não dá para imaginar nossa vida sem o plástico.

Agora você já sabe #plasticotransforma

Fontes:
Impactos ambientais Causados pelos plásticos
Cartilha Braskem

DE ONDE VEM O PLÁSTICO

Quer descobrir de onde vem o plástico?

O QUE É FEITO DE PLÁSTICO?

Você já reparou que o plástico está presente em todos os momentos da sua vida?

A VIDA ANTES E DEPOIS DO PLÁSTICO: SAÚDE

Seria possível a medicina se desenvolver tanto sem as soluções dos materiais plásticos?