Movimento Plástico Transforma

Inovações do plástico na comunicação.

O universo dos eletroeletrônicos, da comunicação, dos dados e entretenimento não teriam nos dias de hoje, tantos avanços avanços em tecnologia sem as inovações do plástico.

Inovações do plástico na comunicação.

 

O universo dos eletroeletrônicos, da informática, da comunicação, da transmissão de dados e do entretenimento não teria chegado aos dias de hoje com tantos avanços em tecnologia sem as inovações do plástico. Graças à versatilidade dos plásticos, foi possível desenvolver tecnologias cada vez mais avançadas, com menos peso e consumo de energia. Hoje, temos eletrônicos mais eficientes, acessíveis e fáceis de serem reciclados.

O setor de eletroeletrônicos responde por 5,5% do consumo mundial de material plástico.

A eletricidade é essencial para o padrão de vida moderno, mas também é potencialmente letal se não receber isolamento adequado.

Por não serem condutores de eletricidade, os plásticos são utilizados numa variedade de aplicações. Pode-se afirmar que o setor de eletroeletrônicos não poderia evoluir sem o desenvolvimento dos materiais poliméricos, já que não existem materiais concorrentes com a mesma combinação de propriedades: resistência ao impacto, flexibilidade, fácil processabilidade, moldabilidade, leveza e excelente isolamento elétrico.

Por exemplo: o PVC é amplamente utilizado para isolar a fiação elétrica, os plásticos termofixos (que podem suportar altas temperaturas) são usados para interruptores, luminárias e alças. E praticamente todas as carcaças de dispositivos eletrônicos (televisões, geladeiras, computadores, ventiladores) são produzidas com materiais poliméricos como: polipropileno, resinas estirênicas (ABS, SAN e HIPS) ou policarbonatos.

Além das propriedades de isolamento, a versatilidade do plástico permite inovações sem limite às novas tecnologias.

Entre as tendências na área estão os dispositivos eletrônicos baseados em materiais poliméricos para a confecção de condutores e semicondutores orgânicos. Esses novos materiais (como as polianilinas), que vão além dos eletrônicos convencionais baseados em silício, abrem perspectivas para o desenvolvimento de sistemas microeletrônicos, de materiais poliméricos eletricamente ativos, capazes de suprir a demanda por equipamentos eletrônicos finos, flexíveis, leves, de baixo custo e com diversas funcionalidades.

As principais vantagens da utilização de polímeros em aplicações eletroeletrônicas são a simplicidade e a economia no desenvolvimento, como no processo de impressão em circuitos em que os polímeros podem ser dissolvidos em solventes especiais para gerar uma espécie de tinta eletrônica. Além disso, os polímeros favorecem a diminuição do consumo de energia, a economia de espaço, a diminuição de peso e segurança. Quanto maior o avanço do setor de tecnologia e comunicação, mais soluções o plástico pode proporcionar para as inovações.

Eficiência:
Os polímeros ajudam a armazenar energia por mais tempo. É por isso que as telas de LCD (liquid crystal display) planas consomem menos energia do que as telas comuns.

Design:
A eficiência dos recursos proporciona a flexibilidade do design das peças plásticas.

Leveza:
A minimização dos aparelhos, como smartphones, só foi possível com a utilização de diferentes tipos de polímero.

Resistência: A alta capacidade para isolar a corrente elétrica, combinada com sua resistência a choques e tensões mecânicas, e a flexibilidade e durabilidade do material, torna o plástico ideal em aplicações vitais garantindo fontes de alimentação de energia seguras, confiáveis e eficientes.

Segurança:
Para evitar incêndios em fontes de energia elétrica, o plástico proporciona soluções que inibem a ignição e retardam a chama, atendendo a normas e legislação de segurança exigidas aos produtos.

Agora você já sabe #plasticotransforma

APLICAÇÕES DO PLÁSTICO

Você faz ideia de quantas soluções cada resina plástica traz para a nossa vida?

INVENÇÕES DO PLÁSTICO NA HISTÓRIA

Como foi que o plástico entrou na nossa história?

MATÉRIA-PRIMA

Ellentesque tempor efficitur quam, eu accumsan nisl aliquet ac. Aliquam erat in tempor sit...