Movimento Plástico Transforma

SUSTENTABILIDADE

É fundamental que as empresas compreendam que a sustentabilidade pode ser um diferencial competitivo para seus nego´cios. Veja algumas das principais tendências de iniciativas transformadoras para o mundo.

 

Há décadas o plástico traz inovações de inegável importância para o desenvolvimento da sociedade. Além de características como leveza, versatilidade, resistência, durabilidade e alta capacidade de reciclagem, o plástico está sempre acompanhando as evoluções científicas e tecnológicas, viabilizando transformações significativas em setores estratégicos da economia como: comunicação, construção civil, agricultura, saúde, alimentação, automotivo, esportes, entre outros.

Para garantir a cadeia sustentável da indústria transformadora de plásticos é necessário que se reconheça a importância dos aspectos ambientais, sociais e econômicos na gestão de recursos, processos e pessoas, bem como o desenvolvimento de produtos e o relacionamento com sua cadeia de valor e com a sociedade. O verdadeiro ganho ocorre quando as empresas compreendem que a sustentabilidade pode ser um diferencial competitivo para seus negócios.

 

Conheça agora algumas das principais tendências de iniciativas que, mesmo simples, podem gerar grandes transformações para um mundo mais sustentável.

1. GESTÃO DE INDICADORES DE ECOEFICIÊNCIA
Promoção de atividades produtivas com o uso mais eficiente de recursos garantindo economia no uso de matérias-primas e de insumos.

2. DESENVOLVIMENTO DE ANÁLISES DE CICLO DE VIDA DE PRODUTO
Ferramenta que auxilia empresas a mensurar e a avaliar a pegada ecológica daquilo que se produz potenciais impactos ao meio ambiente causados por um determinado produto. A Análise de Ciclo de Vida (ACV) é o principal instrumento para avaliar o impacto ambiental total de um produto, somando todas as suas fases, da extração de matérias-primas até a gestão de resíduos pós-consumo.

3. ECODESIGN DE PRODUTOS
A preocupação ecológica na fase de seu projeto é uma das principais tendências na indústria plástica. Desde a concepção do produto, os fatores de sustentabilidade são levados em conta para que se utilize o mínimo de recursos naturais, que o peso e volume facilitem o transporte, e que seja de fácil descarte, reaproveitamento e reciclagem

4. DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS AMIGÁVEIS AO MEIO AMBIENTE
Estão em alta os produtos amigáveis ao meio ambiente (environmentally friendly) como bioplásticos derivados de fontes renováveis. No caso do Brasil, a fonte é a cana-de-açúcar.

5. GESTÃO DA INOVAÇÃO
Investimentos em pesquisa e parcerias com Universidades para encontrar soluções mais sustentáveis nas etapas de fabricação ou produção dos produtos podem fazer com que empresas sejam pioneiras e líderes em seus segmentos, além de contar com incentivos fiscais para projetos de natureza socioambiental.

6. DESENVOLVIMENTO HUMANO DENTRO E FORA DA EMPRESA
A preocupação com o desenvolvimento e o bem estar de seus funcionários podem ser observados em práticas sociais das empresas, ou seja, na gestão de seus colaboradores e no seu relacionamento com a sociedade. Cada vez mais empresas compreendem a importância de seu capital humano para o sucesso duradouro.

7. GESTÃO DA FASE PÓS-CONSUMO
O tratamento adequado das embalagens após o uso final dos produtos é uma das principais questões quando se trata de sustentabilidade. Reciclagem é, atualmente, um dos grandes temas da cadeia do plástico pela constatação de seus benefícios ecológicos, sociais e econômicos, incluindo o potencial de rentabilidade para recicladores e transformadores.

8. ECONOMIA CIRCULAR
Baseada no princípio dos 3R (redução, reúso e reciclagem), a economia circular propõe um fluxo fechado de materiais e energia por meio de múltiplas fases. Para definir as rotas de implementação da economia circular, as escolhas devem ser sustentáveis e não considerar apenas os aspectos de eficiência de recursos no fim de linha (end-of-pipe) de um produto.

9. ADESÃO A COMPROMISSOS VOLUNTÁRIOS
A adesão voluntária da empresa às iniciativas nacionais e internacionais no caminho do desenvolvimento sustentável contribui para comunicar sua filosofia, responsabilidade e valores por meio de ações práticas de engajamento.

10. PARCERIAS COM A SOCIEDADE
Governos, consumidores, sociedade, empresas, investidores, colaboradores e parceiros. Todos devem estar em sinergia para que as estratégias de sustentabilidade da empresa sejam viáveis, eficazes, impactantes e bem sucedidas.

Que tal conhecer agora outras inovações do plástico para um mundo mais sustentável?

Agora você já sabe #plasticotransforma

A VIDA ANTES E DEPOIS DO PLÁSTICO: COMUNICAÇÃO

As inovações em tecnologia seriam possíveis sem os plásticos?

PLÁSTICO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Você sabe quantas vantagens o plástico traz para a construção civil?

A VIDA ANTES E DEPOIS DO PLÁSTICO: SETOR AGRÍCOLA

Conquistas para o Brasil que se tornaram possíveis com as soluções plásticas para o setor agrícola.