Abrir a Pesquisa Abrir o menu

Copos plásticos d'água descartados na São Silvestre viraram lixeiras para escolas

23 de março de 2022 | São Silvestre minutos de leitura

A corrida de rua mais tradicional do Brasil chega a sua 96ª edição e, assim como em 2019, o Movimento Plástico Transforma participa da São Silvestre como parceiro em mais uma missão: recolher os copos plásticos utilizados pelos corredores, reciclar e transformá-los em novos produtos para benefício da sociedade.
 

Resultado da parceria entre o Movimento Plástico Transforma, Fundação Cásper Líbero e Yescom, organizadora do evento, a principal corrida de rua da América Latina acontece tradicionalmente no último dia do ano e, dessa vez, não será diferente. No entanto, a edição de 2021 não contará com público acompanhando a prova no percurso, para evitar aglomerações devido à pandemia da COVID-19.

Neste ano, os atletas profissionais e amadores terão de apresentar o esquema vacinal completo no momento de retirada dos kits. Os que não possuem, devem apresentar teste PCR negativo para a retirada do kit e no dia da corrida. Os participantes levarão selo de imunização no número de identificação na camiseta.



Legenda da imagem: Agente do Movimento Plástico Transforma que recolhe os copinhos plásticos e os encaminha para reciclagem, na 95ª Corrida Internacional de São Silvestre, em 2019.


Qual o destino dos copos utilizados na prova?

Os milhares de copos de água distribuídos aos mais de 25 mil corredores, que gastam energia e precisam de hidratação ao longo dos 15 km de percurso, terão um destino diferente do comum. Eles serão coletados durante a prova, separados, reciclados e por fim, transformados em novos produtos.

A dinâmica é simples: os corredores consomem a água dos copos e descartam essas embalagens ao longo da prova. Em todo percurso, os agentes do Movimento Plástico Transforma resgatam os copos, que serão levados para uma recicladora.

Com a matéria-prima reciclada, o transformador será responsável por produzir caixas organizadoras que serão doadas para entidades públicas.


Mas será mesmo que a corrida está ligada apenas ao esporte e saúde das pessoas?

Na São Silvestre o benefício vai além do esporte e da vida saudável, ele se estende ao meio ambiente e à conscientização sobre a importância da reciclagem.

Quem assiste ou participa da corrida, nota a presença e a importância do plástico no evento. A participação do Movimento Plástico Transforma na ação abre oportunidade para a discussão sobre a temática da educação e da conscientização em relação ao plástico, voltadas para o descarte e encaminhamento correto dos resíduos, sendo transformados em novos produtos.

O copinho plástico é o melhor aliado de quem está correndo. Nos pontos de hidratação, os corredores consomem a água contida no copinho, sem necessidade de pausa no percurso. Eles também não precisam ficar transportando suas próprias garrafas. Ou seja, o copinho plástico facilita a vida do corredor.

Grandes eventos podem dar bons exemplos para a sociedade e esta ação tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o poder de transformação do plástico e a necessidade de atitudes sustentáveis.

Legenda da imagem: Copos plásticos sendo recolhidos durante a 95ª Corrida Internacional de São Silvestre, em 2019.

O Movimento Plástico Transforma entende que o plástico é uma matéria-prima reciclável e que deve ser reciclada. Por isso, participar de grandes eventos como esse pode ser uma ótima chance de materializar o conceito de Economia Circular e estimular a conscientização da sociedade sobre as vantagens de adotar atitudes sustentáveis e exercer seu protagonismo.

A ação busca também ensinar sobre o grande benefício da Economia Circular, onde há retorno dos produtos ao ciclo produtivo, evitando assim, a extração de novos recursos naturais.

E mais, ser parceiro da São Silvestre também abre possibilidades de tratar o tema da logística reversa, como sendo um conjunto de procedimentos e meios para recolher resíduos pós-consumo e dar encaminhamento para o reaproveitamento ou destinação correta desses resíduos.

A corrida do Movimento Plástico Transforma é pela sustentabilidade. Participe você também!



Veja na galeria de imagens abaixo as fotos da edição de 2019:

Estação Plástico Transforma

Reciclagem

ESTAÇÃO PLÁSTICO TRANSFORMA

A KidZania tem o desafio de trazer ao mundo real uma cidade que é, na verdade, somente para crianças. Para saber qual a sensação, você terá de levar os pequenos de 3 a 14 anos no Shopping Eldorado - 2º Subsolo, na capital São Paulo.

Saiba mais

São Silvestre

Ação

Copos plásticos d'água descartados na São Silvestre viraram lixeiras para escolas

Para reforçar a importância do descarte correto e da reciclagem, coletamos os copos plásticos d'água descartados pelos atletas na São Silvestre, reciclamos e os transformamos em lixeiras que foram doadas para escolas.

Saiba mais

São Silvestre 2019

Reciclagem

CORRIDA DE RUA VIRA AULA DE RECICLAGEM

Milhares de copinhos plásticos usados na São Silvestre se transformaram em benefício para as escolas públicas

Saiba mais